Segunda, 24 Julho 2017 10:17

Defesa de Doutorado

Avalie este item
(1 Voto)

Defesa de Doutorado

Título: A relevância da informação contábil para o mercado de capitais brasileiro sob o pressuposto da racionalidade limitada dos investidores

Autor(a): Bruno Figlioli

Data: 18/08/2017, às 13h30      

Local: Sala 43 - Bloco B2 - FEA-RP

Resumo: A questão se a informação contábil é relevante para o mercado de capitais tem sido investigada, predominantemente, por meio dos pressupostos da Hipótese de Eficiência de Mercado (HEM). Para a HEM, toda informação relevante é refletida nos preços das ações de forma integral e instantânea, a partir da consideração de que as informações são analisadas e interpretadas por indivíduos plenamente racionais. Contudo, a literatura relacionada às áreas de Finanças Comportamentais e de Processos Decisórios tem indicado que os indivíduos, mesmo em condições de interação e de competição, como verificado nos mercados financeiros, são melhor caracterizados como detentores de racionalidade limitada ao tomar decisões. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi examinar a relevância da informação contábil para o mercado de capitais brasileiro sob o pressuposto da racionalidade limitada dos investidores. Para tanto, foram desenvolvidas escalas de complexidade específicas para as ações ordinárias e preferenciais. As escalas foram utilizadas como parâmetros para testar se níveis distintos de incertezas na estimação dos fluxos de caixa futuros estão associados à utilidade da informação contábil para o mercado de capitais. Além disso, no estudo, segregou-se a tomada de decisão nas dimensões dos ganhos e das perdas, tendo como objetivo identificar a relevância da informação contábil, segundo essa classificação. A amostra foi composta por informações de 232 empresas listadas na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBOVESPA) no período de 2000 a 2015. Os resultados encontrados apontaram evidências de uma associação inversa entre os níveis de complexidade na avaliação das empresas e a relevância da informação contábil para os investidores. Foi identificado, também, que os preços das ações tendem a incorporar as informações contábeis relevantes de forma apenas gradual em condições de maiores níveis de incertezas. Esses resultados mostraram-se robustos para a dimensão dos ganhos. Além disso, os resultados obtidos sugerem que as normas contábeis do International Financial Reporting Standard (IFRS) reduziram os níveis de complexidade na avaliação das ações, o que resultou em um aumento da relevância da informação contábil para os investidores. De forma geral, as evidências obtidas corroboram a ideia de que os limites cognitivos dos indivíduos em processar informações pode ser um fator relacionado à magnitude com que os preços das ações refletem as informações contábeis.

Departamento de Contabilidade.

Lido 229 vezes