Quinta, 13 Setembro 2018 10:36

A saúde de servidores da FEA-RP foi alvo de pesquisa

Avalie este item
(1 Voto)

Uma pesquisa conduzida pelo Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT) da USP Ribeirão Preto revelou que 53% dos servidores técnico-administrativos da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP encontra-se fora do peso ideal (sobrepeso ou obesidade).

 

Foram avaliados 67 servidores técnico-administrativos que passaram por consulta em 2018 com os médicos do SESMT, 25% apresentaram quadro obesidade, enquanto em 2016 esse percentual era de 19%.

 

Os resultados da avaliação foram entregues para a Diretoria da unidade e apresentados pelo médico do trabalho do SESMT do campus da USP em Ribeirão Preto, Leonardo Monteiro Mendes, durante evento da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) de 2018 da FEA-RP.

 

Segundo Mendes, não foram encontradas outras doenças graves entre o universo estudado: “Em geral a saúde dos funcionários é boa. Todos têm uma adequada assistência médica. Chama atenção os hábitos de boa parte, principalmente com dieta inadequada e sedentarismo. Isso reflete diretamente no peso corporal, níveis de colesterol, diabetes, hipertensão arterial e doenças do sistema digestivo e osteomuscular. A própria universidade possui serviços disponíveis, como centros esportivos e de prevenção e promoção de saúde. Quanto mais forem utilizados, proporcionam melhorias em saúde e menor demanda para a UBAS.”

 

A situação da obesidade é um alerta que não se restringe aos servidores da FEA-RP. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), atualmente mais da metade da população brasileira está com sobrepeso e a obesidade atinge 20% das pessoas adultas. Ainda segundo a OMS, a obesidade é um dos maiores problemas de saúde pública no mundo. Projeções da organização apontam que, em 2025, cerca de 2,3 bilhões de adultos no mundo estarão com sobrepeso.

 

Por conta do Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), conjunto dos procedimentos que devem ser adotados pelas empresas com o objetivo de prevenir e diagnosticar precocemente os danos à saúde decorrentes do trabalho, o SESMT faz anualmente o acompanhamento da saúde dos trabalhadores do campus da USP de Ribeirão Preto.

 

Por: Leonardo Rezende, Assessoria de Comunicação da FEA-RP.

Lido 260 vezes Última modificação em Segunda, 17 Setembro 2018 09:38