Quarta, 14 Agosto 2019 12:03

Arrecadação de impostos chega a R$443,4 bilhões no ano

Avalie este item
(1 Voto)
De janeiro a maio a arrecadação de impostos no Brasil atingiu R$ 443,4 bilhões, um valor 1% maior do que o mesmo período do ano anterior. As informações são do Boletim Termômetro Tributário de julho de 2019, feito pelos pesquisadores Eduardo Carvalho e Lorena Araujo, com supervisão do professor Sergio Nahuriko Sakurai, da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP.

 

Segundo os pesquisadores, um dos destaques de arrecadação em maio foi o IRRF sobre Rendimentos de Capital, com aumento de 23,47% em relação ao mesmo período no ano anterior. Outro destaque apontado foi a arrecadação conjunta do Imposto Sobre a Importação e o IPI Vinculado à Importação, com um crescimento de 9,61% comparando a maio de 2018. Esse aumento pode ser explicado pelo aumento no valor do dólar das importações (14,09%) e na taxa de câmbio (10,05%).

 

No mês de maio de 2019, a arrecadação de impostos federais atingiu o valor de R$76,2 bilhões, mostrando um aumento de 2,7% em relação ao mesmo mês no ano anterior. O estado de São Paulo registrou um aumento de 4,4% no mesmo período, atingindo o valor de R$30,4 milhões. Os destaques de aumento no estado foram o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) com 18,2% e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) com 11,0%.

 

Já a cidade de Ribeirão Preto apresentou uma queda de 3,1% quando comparado ao mesmo mês do ano anterior, arrecadando R$232,2 milhões. A única rubrica a registrar aumento foi o Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) com 9,7%. Por: Maria Paula Soeltl, Assessoria de Comunicação da FEA-RP.

 

Por: Maria Paula Soeltl, Assessoria de Comunicação da FEA-RP.

Lido 70 vezes