Segunda, 03 Fevereiro 2020 13:10

Soja foi o principal item exportado pelo Brasil em 2019

Avalie este item
(0 votos)

A soja foi o item mais exportado pelo Brasil em 2019. O grão também ficou na primeira posição em 2018, mas com uma alta de 21,8% em relação ao ano anterior. O principal destino foi a China.

 

Em segundo lugar ficaram os óleos brutos, sendo a China como principal destino também. Os minérios de ferro e seus concentrados ficaram em terceiro, com aumento de 6,7% em relação a 2018. O principal destino é a China, mas a Malásia passou o Japão e agora ocupa o segundo lugar.

 

O estado de São Paulo teve como principal produto exportado os óleos brutos, apesar da redução de 32% em seu valor entre 2019 e 2018. Outros veículos aéreos aparece em segundo lugar, aumentando sua participação de 12,2% em 2018 para 13,6% em 2019. O aumento se deve pelo maior volume de compras da França e Belarus.

 

Óleos de petróleo aparecer em quarto lugar para o estado paulista, algo que não aconteceu em 2018. Isso se deve pela maior importação dos Estados Unidos.

 

A Região Metropolitana de Ribeirão Preto teve como principais produtos exportados açúcares de cana ou de beterraba e sacarose, com uma redução na participação de 47,4% para 37,7%. O principal destino desses produtos foi a Arábia Saudita.

 

O município de Ribeirão Preto teve o estranho em formas brutas como o principal produto exportado. Instrumentos e aparelhos para medicina, cirurgia, odontologia e veterinária subiram do sexto para o quarto lugar em 2019.

 

Tanto para a RMRP quanto para a cidade houve uma redução expressiva na exportação da soja, devido a menor importação da China.

 

As informações são do Boletim de Comércio Exterior de janeiro de 2020, feito pelos pesquisadores Eduardo Teixeira e Pedro Roveri, sob supervisão do professor Luciano Nakabashi da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP.

 

Por: Maria Paula Soeltl, Assessoria de Comunicação da FEA-RP.

Lido 947 vezes