Sexta, 01 Março 2024 14:31

Prof. Affonso Celso Pastore, ex-Diretor da FEAUSP, faleceu aos 84 anos

Avalie este item
(1 Voto)

O economista Affonso Celso Pastore, ex-Diretor da Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEAUSP) entre 13/07/1978 a 12/07/1979, faleceu no último dia 21 na cidade de São Paulo.

Pastore fez graduação (1961) e doutorado (1969) em Economia pela Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Atuária da Universidade de São Paulo (FEAUSP) e foi professor titular do Departamento de Economia da Unidade. Assumiu a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo no início da década de 80 e presidiu o Banco Central entre 1983 e 1985.

Docentes da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da USP lamentaram a perda do colega e compartilharam com a Assistência de Comunicação da Unidade lembranças e episódios vividos com Pastore.

Em 1986, durante sua graduação em Economia na FEAUSP, o Prof. Dr. Eliezer Martins Diniz, Professor Associado do Departamento de Economia da FEA-RP, teve aulas de Econometria com o Pastore que posteriormente veio a ser seu orientador durante o Doutorado na Unidade.

Segundo Diniz, Pastore “ensinou como decifrar a matemática por trás dos modelos e sua correta interpretação. Ensinou a importância de se fazer uma análise empírica cuidadosa em economia para se chegar a uma análise original. Trazia artigos dele em elaboração para que pudéssemos verificar toda a matemática e para que fizéssemos uma análise crítica e déssemos sugestões. Ensinou como fazer uma pesquisa econômica séria, que tem sempre que partir de uma boa pergunta. Lia sempre artigos e livros recentes. Às vezes o flagrei lendo as obras completas de Milton Friedman”.

O ex-presidente da Comissão de Graduação da FEA-RP destaca ainda uma frase dita pelo colega que o marcou em sua trajetória: “Você pode ser considerado um economista quando o raciocinar em economia for tão natural quanto transpirar”.

Já Amaury Gremaud, atual presidente da Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), comenta que durante sua graduação em Economia na FEAUSP, Pastore foi “um dos mais brilhantes professores” que já teve, citando seu papel fundamental no Banco Central frente ao difícil cenário econômico e social vivido na pós-ditadura. Segundo Gremaud, alguns ensinamentos do colega foram determinantes para a sua atuação enquanto docente da FEA-RP: “em primeiro, a excelência e o didatismo da aula dele, ainda em uma época do giz e lousa; era aquela lousa perfeita e muito didática, dificilmente um aluno fazia perguntas, porque não restavam muitas dúvidas a serem esclarecidas. [...] E em segundo: que ele mostrava pra nós, independente da disciplina, os dilemas não só técnicos mas também éticos e morais na atuação de um economista, ainda mais da posição que ele tinha”.

Para Gremaud, “se vai um brilhante professor que vai fazer muita falta”.


Pastore dedicou-se à vida pública e acadêmica, tendo ministrado aulas também em faculdades como Insper e FGV (Fundação Getulio Vargas).

 

Por: Rodrigo Basso, Assistência de Comunicação da FEA-RP. Colaboração: Profs. Drs. Eliezer Martins Diniz e Amaury Patrick Gremaud.

Lido 264 vezes Última modificação em Sexta, 01 Março 2024 14:39